Saiba mais sobre os índios e a língua Tupi

Você está em: Tópicos de história
     Antes da chegada dos portugueses ao Brasil o litoral era povoado por diversas tribos de índios que falavam a língua Tupi, os Tupinambás habitavam uma areá que ia desde Ubatuba até Cabo frio, havia também índios do tronco Tupi-Carijó assim também como Tupiniquins e Goitacás, mais a partir da chegada dos portugueses no século XVI essas tribos foram todas extintas, já no século XIX já não havia mais nenhum índio tupi na costa do Sudeste, os índios que sobreviveram foram os que migraram para o interior.
     Maria Dulce Gaspar é arqueólogo do museu nacional da UFRJ e com uma equipe de cinco arqueólogas pesquisa as tribos que viveram na região dos lagos ao norte do Rio de Janeiro antes dos portugueses chegarem a nossa terrinha, segundo as descobertas feitas até agora as nossas tribos mais antigas já estavam aqui a cinco mil anos a primeira ocupação do local teria sido feita por um grupo indígena conhecido como Sambaquis eles sobreviviam da pesca e cobriam seus mortos com pilhas de conchas de mariscos. 
   Quando os europeus invadiram que veio ser o Brasil, já tinha acabado a moda de construir Sambaquis, muito provavelmente no entorno do inicio da era cristã o território dos Sambaquieiros na faixa litorânea foi invadido por grupos ceramistas que vieram da Amazônia ou do Brasil central, os grupos ceramistas eram grupos Tupis e a guerra era fundamental para a sua expansão e ocuparam parte significativa do leste da América do sul e se apossaram de todo o território Sambaquieiro. 
   A arqueóloga Ângela Buarque estuda os índios da aldeia Tupinambá denominada de Morro Grande, o sitio arqueológico dos Tupinambás foi encontrado dentro de uma escola em Araruama, atualmente a escola de Morro Grande abriga um pequeno museu e os alunos participam de perto das descobertas que vem surgindo pouco a pouco. Morro grande é um dos sítios tupis mais antigos que se tem, conta que em torno do inicio século 2 depois de cristo ele foi ocupado, e foi o local onde houve o provável momento do encontro dos Sambaquis com os Tupis. 
  O impacto da população européia com o grupo Tupi ao que tudo indica foi muito forte, os europeus trouxeram muitas doenças, para se ter uma perspectiva 60 anos depois da chegada dos europeus eles desaparecem.
   A língua Tupi foi falada mais que o português em alguns momentos da historia até século XVII em alguns trechos do litoral brasileiro principalmente em São Paulo e na Amazônia.
  Tudo o que relatamos acima aqui no Blog tem como referencia o programa Um pé de que? Do Canal Futura no qual deixaremos o site para referencia no fim desde tópico e no qual retiramos também o seguinte dialogo Tupi

-Eretupe? ( Você veio? )
-Pá, aiur ( Sim, eu vim!)
-Té, auié nipó ( Ah, que bom! )
-Maranpe de rera? (Como é seu nome?)
-Reri açu ( Ostra grande)
-Teporanga ( Que nome bonito!)
-Té our eté kybõ reriaçu umuã ( Veio para cá o Ostra Grande fico feliz )
Reproduzido por Jean De Lery, em obra publicada na frança em 1578.

Nas fotos aos lados a primeira e segunda foto são dos povos Sambaquis que tinham o costume de cobrir os corpos dos mortos com conchas e mariscos e é dai que vem o nome dos mesmos, a terceira fotos representa os índios Tupi que vieram a ocupar o território dos Sambaquieiros, a quarta retrata o encontro dos portugueses com os índios e na quinta foto temos o livro de Jean De Lery no qual foi publicado o dialogo que relatamos entre um índio Tupi e o próprio escritor do livro.

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.
 
Lider Biologia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .