Tudo sobre as Proteínas


Introdução
    As proteínas são uma das mais complicadas substâncias dos eres vivos. Elas são feitas por cadeias químicas enroladas de modo especial. A maneira pela qual cada proteína funciona é definida por sua forma. A forma precisa dessas moléculas é a chave do funcionamento das proteínas.
Uma pena é formada de proteína estrutural
Proteína
    As proteínas são compostos orgânicos feito pelo encadeamento de unidades chamadas aminoácidos. Elas desempenham várias funções nos seres vivos, desde o controle das reações químicas, a formação de estruturas como o cabelo ou atuando como hormônios. Cada molécula de proteína é formada por unidades ligadas a uma sequência exata, que dá sua propriedade e função especifica.
Aminoácido




    Os aminoácidos são unidades (blocos) construtoras das proteínas. Os seres vivos produzem milhares de proteínas a partir de apenas 20 tipos diferentes de aminoácidos. Eles podem se arranjar segundo um grande numero de sequências diferentes, como as letras do alfabeto podem formar milhares de palavras. Cada molécula de aminoácido tem  um átomo de carbono ligado a um grupo amino. Esse grupo tem um átomo de nitrogênio e dois de hidrogênio.
Polipeptídeo
    É uma pequena cadeia de aminoácidos. Uma molécula polipeptídica contém menos de 40 ou 50 unidades de aminoácidos. Uma proteína começa como um curto polipeptídeo, e então ganha mais e mais unidades até se tornar uma longa cadeia protéica.
Proteína estrutural
    É usada para construir estruturas celulares e orgânicas. Uma proteína estrutural sustenta e protege as partes dos seres vivos. Cabelos, unhas e penas são estruturas de proteção feitas de queratina, que é uma proteína resistente e flexível. Dentro do corpo animal, os tendões e as ligações entre os músculos e os ossos são feitos de uma outra proteína estrutural chamada colágeno. O colágeno forma fibras resistentes e elásticas.
Proteína Transportadora
    É um tipo de proteína que conduz uma substância de um lado para outro da membrana plasmática através de tecidos. A hemoglobina é uma proteína que transporta o oxigênio e o gás carbônico pelo sangue.
Proteína Desnaturada
    É uma proteína que perdeu sua estrutura caracteristica. Durante a desnaturação, a posição dos aminoácidos da proteína é alterada. Isso ocorre pela ação do calor ou de outras substâncias. Por exemplo, quando um ovo é cozido, a proteína da clara se transforma de um fluido transparente para um fluido transparente sólido branco. Isso é irreversível.
Enzima
    É uma proteína que altera a velocidade das reações químicas nos seres vivos. Sem enzimas muitas das reações químicas que ocorrem no funcionamento dos seres vivos, como a digestão, aconteceriam muito devagar. As enzimas são proteínas que agem como catalisadores, ou seja, como substâncias que alteram a velocidade das reações  e, de modo geral, aceleram as reações químicas. As enzimas funcionam atraindo substratos, moléculas se acoplam ao sítio ativo da enzima. Os substratos reagem entre si para formar um produto, que não é afetada pela reação, e imediatamente se mostra pronta para atrair outras moléculas do substrato.
Imunoproteína
    É uma proteína usada para neutralizar substâncias estranhas. 
Se o corpo de um animal é invadido por um microorganismo, prote´nas especiais ligam-se a superfície do invasor, neutralizando-o. Essas proteínas são chamadas anticorpos. O corpo humano produz um grande número de diferentes anticorpos que neutralizam os invasores em larga escala.
Proteína de reserva
    É usada como reserva nutritiva. As plantas e animais usam proteínas para estocar nutrientes. o glúten é uma proteína de reserva encontrada no trigo.


A teia de aranha é feita de uma proteína que é líquida dentro do corpo da aranha, mas se solidifica quando a teia é tecida

Veja também  

1 comentários :

Tecnologia do Blogger.
 
Lider Biologia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .